sábado, 20 de outubro de 2012

Retornando

          Povo, quanto tempo...já estava com saudades, mas a vida deu uma reviravolta, sabe? Meu filho mais velho, o Gabriel, fez uma cirurgia em agosto, de amputação transtibial da perna esquerda ( na altura da batata da perna ), e foi muito difícil para mim retornar à normalidade...confesso que não retornei até hoje, mas a vida segue e eu preciso seguir também, né?
          Moisés está ótimo, graças a Deus. Alto toda vida, tá difícil de aguentar o "estica e puxa" da criança...kkkkk... por falar em estica e puxa, ele aamaaa a Xuxa..assiste aos DVD's com a maior atenção.
          Relendo o post anterior, sobre os bichinhos, dei uma olhada na foto e...tá obsoleta, ultrapassada...quase todos os bichinhos já se foram...kkkk...morreram de desarticulite, ou seja, de tanto caírem no chão e receberem litros de baba em cima, pararam de funcionar...já tem um monte novos.
          Hoje fomos passear no Parque de Madureira, pela manhã. O sol estava forte, mais do que eu imaginei, tanto que saí de casa sem protetor solar. Chegando lá, quando estacionávamos, um guarda municipal,que depois eu soube ser o comandante,  comentou sobre o sol forte e perguntou-me se eu havia levado protetor solar. Meio sem graça, respondi que não. Pois bem, ele me levou à guarita, solicitou, por rádio, algum GM que tivesse um protetor para  emprestar a uma criança especial!!! Surgiu um guarda, de nome Gabriel, com um tubo de protetor, eu passei no Moisés e fomos passear, protegido do sol forte. Gente, fiquei pasma!! Positivamente impressionada com a solicitude, a gentileza, o cuidado, a preocupação. Gostei demais do que presenciei, ainda mais que eu não estava em um bairro da Zona Sul, onde as pessoas são tratadas com maior deferência por conta do status. Palmas para a equipe que estava hoje no Parque de Madureira!!!!!!
          Moisés nesse momento está dormindo o soninho da tarde, cansadérrimo da caminhada da manhã. Meu anjinho compriiido e magrelo, olhando assim, ninguém imagina o quanto você grita, faz malcriação e apronta...kkkkkk.....Te amo demais, meu periquitinho...


terça-feira, 10 de janeiro de 2012

História de bichinhos

          Hoje quero contar a história da figura de fundo deste blog. Ao escolher um template para ser a "cara" do blog, queria alguma coisa que remetesse ao Moisés, aos seus gostos e preferências. Pois bem, estava eu lá na procura quando dei de cara com esse desenho fofíssimo, cheio de bichinhos lindos... pensei na hora..."É isso!! É o Moisés!!!"... mas, por que ?
          Compartilho com você a história dos bichinhos do Moisés. Todo brinquedo do meu "bebê" tem que ter uma característica fundamental. Tem que fazer barulho...muito barulho...música...muita música... se tiver luzes coloridas, então...é perfeito! Então... ( ah, detesto esse povo que começa a frase com "então"...kkkkk ) sempre procuramos esse tipo de brinquedo para comprarmos, até que um dia, em uma papelaria lá no centro de Duque de Caxias, encontrei um bichinho de pelúcia que dançava e cantava!!!! Alucinei...comprei na hora... Demos ao Moisés no dia das crianças de 2009. Ah, a cara dele olhando aquele bicho esquisito se rebolando na frente dele foi uma delícia... Divido com vocês esse momento, porque não resisti e filmei...kkkkk....muito bom.
video
          Com o sucesso do bichinho, eu e João nos tornamos consumidores compulsivos dos tais animaizinhos...onde a gente vai, procura. A última compra foi em Bangu, antes do Natal. Agora estamos fazendo planos para irmos procurar os tais no Mercadão de Madureira...
          Agora, um parênteses aqui, sobre o primeiro bichinho... Compramos e ficamos chamando a coisa de "vaquinha". 
          - Olha que vaquinha linda!
          - A vaquinha rebola tão bonitinha...
          - Segura a vaquinha, Moisés.
          E por aí vai... até o dia em que minha prima Andrea, prestou um pouquinho mais de atenção na vaquinha e percebeu que na verdade ela era... uma girafa!!! Resultado: o nome já havia pego e até hoje chamamos a pobre de vaquinha... kkkkkkk
          Hoje temos 9 bichinhos dançando e cantando aqui em casa, praticamente o diiiiiiiiia inteeeeeeiiiiiiiiiiro, além do monte que está no departamento médico do Seu João, que é quase um Gepeto na ressurreição de brinquedos mortos.
          Dá uma olhadinha na foto da bicharada reunida...

          Ah, esclarecendo o departamento médico. Os bichinhos dançam, certo ? São totalmente articulados. Pois bem, Moisés não se satisfaz em vê-los dançando. Precisa segurá-los firmemente deitados na bandeja de sua cadeirinha. Resultado: aos poucos as articulações vão paralisando e os bichinhos ficam todos tetraplégicos... nenhum deles dança mais. 
          Por causa dos bichinhos dançantes do Moisés é que eu achei esse desenho de fundo ideal para este blog.
          Até a próxima história!

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Iniciando a aventura

          Hoje inicio a aventura de escrever um blog. O título do mesmo, Moisesices, remete às "aprontações" e invenções, descobertas e crescimento do meu filho caçula, o Moisés, hoje com 13 anos. Ele é portador de Síndrome de Apert e apresenta sequelas da Síndrome de West. Por tudo isso, para nós aqui em casa, tudo é surpreendente, cada descoberta é admirada e festejada. Quando eu digo "nós aqui em casa" me refiro, além de mim, Rosângela, mãe do Moisés, ao meu maridão João Carlos, paizão babão e ao Gabriel, irmão mais velho.
          Espero alcançar pessoas que vivam situações semelhantes, falar coisas que as animem, que as impulsionem, poder mostrar a alguns que não estão sozinhos, que sua busca por informações foi frutífera.
          Também quero cuidar de mim... perceber que esse universo é gigantesco, que outros sentem as mesmas angústias que eu, que sentir-se cansada e sem horizonte, às vezes, não é errado, não é o fim, nem é duradouro.
          Se você quiser saber mais sobre o Moisés e as síndromes que eu citei acima, acesse nosso site. Ele tem informações diversas, muitas fotos, links úteis.http://moisesapertbr.tripod.com